Emagrecer é um processo extremamente complicado e muitas vezes longo, pois requer uma série de esforços e mudanças nos hábitos mais complexos e encruados na carne do homem moderno. Trocar a alimentação rápida dos fast foods é algo que parece impensável, mas que precisa ser feito. Mas, como fazer isso de forma saudável?

Como é possível mudar todo um estilo de vida que já dura anos? É justamente por isso que o processo de emagrecimento é extenso, pois não há mente saudável no mundo que possa modificar tão drasticamente os seus hábitos sem acabar voltando para eles pouco tempo depois.

Quem quer emagrecer deve escolher muito bem a sua dieta e os exercícios que irá praticar, pois esses precisam estar bem alinhados com o psicológico da pessoa. A busca de informações sobre os diferentes meios de emagrecimento é necessária, pois somente através dela é que você poderá achar o melhor jeito de perder barriga e chegar ao seu peso ideal.

Este artigo irá lhe indicar variadas dicas para emagrecer, algo que é completamente diferente de simplesmente perder peso. O emagrecimento é muito mais do que ter alguns quilos a menos, é ter uma vida mais saudável e equilibrada, sem exageros e excessos alimentares.

Tenha convicção e crie um objetivo

dicas-para-emagrecer

Uma das primeiras dicas emagrecer vai para a criação de uma meta. É um fato de que muitas pessoas que estão acima do peso querem emagrecer e perder barriga, porém poucas elaboram um real objetivo, sempre deixando tudo muito ao acaso.

Essas pessoas entram em uma dieta restritiva sem saber qual o limite de seus corpos e qual é o peso ideal que devem atingir. Elas perdem gordura e líquidos em excesso, tornam-se desnutridas pela falta de uma alimentação adequada e por fim engordam duto novamente. É importante saber o que comer de noite.

Na maioria das vezes, as pessoas nem começam a praticar exercícios físicos. A tontura e as dores de cabeça adquiridas com as dietas restritivas e “infalíveis” acabam impedindo a boa prática de uma atividade física. Isso tudo faz com que as pessoas não realizem uma perda de peso de forma saudável.

Duas coisas são essenciais para o início de um processo de emagrecimento: convicção e a criação de um objetivo. O que você quer com o emagrecimento? Qual a sua meta? O que você consegue com isso? Essas perguntas precisam ser respondidas para que o sentimento de realização seja ainda maior.

Os alimentos que devem ser escolhidos – Dicas para Emagrecer

Seguindo a criação de uma meta, é preciso entrar na área de alimentação. O que você come poderá modificar completamente o desempenho de uma dieta, podendo tanto aumentar a eficácia ao perder gordura abdominal ou tornar isso ainda mais complicado do que o normal.

Abaixo você verá algumas dicas de alimentos que podem auxiliar a sua dieta, não sendo um cardápio restritivo e nem fazendo com que você passe fome. Lembrando que: busque sempre mais conhecimento e de boa qualidade, uma consulta à um ou mais nutricionistas pode ajudar bastante nesse processo difícil que é o emagrecimento.

  • Dicas de alimentos para emagrecer

Essas dicas de alimentação para emagrecer são deveras importantes, pois sem elas você pode acabar falhando em atingir o seu grande objetivo. As indicações encontradas abaixo são de grupos de nutrientes e de alimentos que oferecem determinado benefício, são eles:

    –  Ricos em Vitamina

O grande problema das dietas restritivas é que elas acabam limitando as fontes de vitaminas, como por exemplo cardápios que excluem a banana e isso faz com que os nutrientes que estão em grande concentração nela sejam perdidos.

Mesmo a dieta das frutas acaba retirando certo valor nutricional, pois o consumo de proteínas e carboidratos é reduzido a quase zero, algo que pode comprometer a geração de energia no organismo.

Frutas, leguminosas, verduras devem ser consumidas em boa quantidade. Os excessos, como sempre, devem ser evitados. Por exemplo, se uma pessoa come maçã ou banana demais, ela pode acabar tendo algum problema de glicose, pois o açúcar das frutas, mesmo que mais saudáveis, poderá causar danos à saúde.

    – Ricos em Minerais

Os minerais também são importantes para o funcionamento do corpo, sendo que a grande maioria deles ajuda na síntese de novas células, como é o caso do Zinco. Equilibrar esses minerais é essencial para que o corpo esteja em pleno funcionamento, pois assim as atividades físicas poderão ser feitas de forma mais tranquila.

Quem nunca ouviu falar que “faltou comer mais feijão” quando o demonstrativo de forma não pareceu dos mais adequados? O ferro adquirido com a leguminosa é essencial para a criação de novas células e a falta desse nutriente faz com que o corpo possa adquirir alguma forma de anemia.

    – Pobres em Sódio

O sódio é um mineral no qual o corpo também requer para funcionar, porém o excesso desse nutriente vem saturando a mercado de alimentos, principalmente aqueles de fabricação industrial. Salsicha, margarina, congelados, todos esses alimentos contém uma quantidade de sócio acima do normal, em níveis que são capazes de causar doenças gravas nas pessoas.

Hipertensão e AVC são apenas algumas das doenças que podem vir o exagero do sal, portanto controlar isso e utilizar outras formas de tempero nas refeições pode ajudar muito na manutenção da saúde.

    – Termogênicos e Desintoxicantes

Os alimentos termogênicos e desintoxicantes são aqueles que podem dar um upgrade na sua dieta, melhorando a queima de gordura abdominal e auxiliando na perda de peso no geral.

Termogênicos são aqueles ingredientes que ao serem ingeridos, através de sucos ou sólidos, podem elevar a temperatura corporal e fazer com que o metabolismo funcione de forma muito mais rápida. É justamente o metabolismo que faz com que a energia seja gasta, incluindo aquelas que estão na reserva (gorduras).

Exemplo de termogênicos: cafeína, pimenta, canela e gengibre.

Já os desintoxicantes são aqueles alimentos que alimentos que fazem com que o corpo elimine as toxinas e ácidos que estão alocadas no organismo da pessoa. Anos e anos de uma má alimentação fazem com que o processo digestivo funcione de forma bem menos eficiente, o que leva à uma dificuldade para a perda de peso.

Exemplos de desintoxicantes: chá verde, alho, gengibre e maçã.

Vale ressaltar que existem muitos outros componentes que podem fazer parte de uma boa alimentação, como comidas que possuem boas cargas de fibras, estas que regulam o funcionamento intestinal e fazem como que a fome não volte tão cedo, oferecendo o benefício da saciedade.

Como os chás podem ajudar?

Uma grande moda do momento é o consumo do chá para emagrecer, perder barriga e auxiliar uma alimentação saudável. Muitos desses líquidos podem ser feitos em casa e realmente promovem uma queima maior da gordura abdominal e de outras áreas do corpo.

Geralmente os chás são tomados de 2 a 3 vezes por semana, antes ou depois de cada refeição, indicações essas que variam de acordo com o chá. Eles são feitos com ingredientes que levam os já citados alimentos que impulsionam a eficiência de emagrecer rápido.

O desejo de entrar em uma dieta, perder barriga e queimar calorias por todo o corpo tem passado pelo uso dos chás. Porém, existe um aviso quanto a eles. Por mais que os chás possam ser grandes auxiliadores, em excesso eles podem causar males aos rins e outros órgãos que participam ou tem ligação com o sistema digestivo.

É também uma boa dica, pesquisar muito sobre os ingredientes do chá. Isso porque beber alguns desses pode levar não só a perda de peso, mas também apresentam efeitos coletareis negativos desastrosos, entre eles a morte do consumidor.

Dicas de alimentação para emagrecer: o que evitar?

Muitas pessoas dizem “Perda peso! Isso é fácil e vai melhorar muito a sua beleza. ”, mas o pensamento para emagrecer não deve ser única e exclusivamente o fator estético. A sociedade foca muito na beleza, mas acaba se esquecendo de que a saúde deve ser prioridade.

Frituras, congelados, industrializados, processados e qualquer outra comida que tenha gorduras e sódio em acesso podem fazer mal à saúde. Os médicos já estão cansados de dizer na mídia que a obesidade está crescendo a cada ano, assim como doenças relacionadas ao coração.

Beber refrigerantes em excesso, usar açúcar demais em sucos naturais também são hábitos indesejáveis. Controlar isso pode salvar sua vida em curta, médio e longo prazo.

Dicas para emagrecer em 1 semana

Não existe quem chegue em sua meta de peso em apenas uma semana, apenas atletas preparados conseguem fazer isso e em muitas das vezes a queima não é de gorduras, mas sim do excesso de água no corpo.

Apesar disso, existem algumas dicas para perder bons quilos em apenas 7 dias, mas isso deve ser acompanhado de uma reeducação alimentar para não engordar depois.

  – Intensidade

A palavra intensidade tem dois lados nessas dicas para emagrecer em 1 semana, sendo ela referente aos exercícios e também o foco no objetivo. Faça treinamentos mais pesados e que não excedam o limite de suas capacidades físicas. O treino é a melhor forma de queimar gordura e calorias.

  – Boa alimentação

Com o auxílio de médicos e profissionais especializados, um cardápio mais curto e restritivo pode ser elaborado para a perda intensificada de uma semana. Essa alimentação deve ser muito bem dosada para que o corpo não fique sem energia, mas também não consuma mais do que está se gastando dos exercícios.

  – Descanso

Períodos curtos de perda em excesso precisam de descanso, do contrário o corpo não irá aguentar e pode ceder à lesões e problemas no organismo. Dê uma pausa na dieta restritiva, reponha as dependências nutricionais e pegue um pouco mais leve nos exercícios.

Exercícios para emagrecer e perder barriga

Alguns exercícios são muito focados no objetivo de emagrecer e perder barriga, geralmente este sendo baseados em afetar diretamente os músculos da área abdominal. Os exercícios mais banais como abdominais, prancha e agachamento já tendem ser muito bons para esse tipo de exercício, mas a forma como se treina pode mudar bastante a intensidade da perda.

O Treinamento Hiit, a Funcional e o Cross Fit podem ajudar bastante a perder barriga, isso porque eles estão mais voltados para a queima de calorias do que a tonificação, apesar de também promoverem esse benefício.

  – Dicas para emagrecer em casa

O bom do Treinamento Hiit e da Funcional é que eles podem ser feitos em casa, o primeiro deles sendo ainda mais vantajoso porque pode ser feito em períodos bem curtos de 15 a 30 minutos, não mais do que isso.

Os movimentos básicos também são muito úteis, pois eles não necessitam de qualquer aparelho além da própria motivação e imaginação.

Dicas de dietas para emagrecer

Seguir as dicas dos nutricionistas para emagrecer pode ser um bom caminho, assim como acoplar as dietas que eles oferecem no dia a dia. Dentre os regimes que estão na moda atualmente, muitos deles tem feito sucesso devido a sua eficiência e poucos riscos à saúde.

Exemplos de dietas: Detox, Termogênica e dos Carboidratos.

Alguns dos profissionais de alimentação estão disponibilizando vídeo aulas que podem ser adquiridas ou assistidas de forma gratuita. Assistir aos vídeos para emagrecer pode ser uma boa pedida para quem quer conhecer mais sobre o assunto e deseja aplicar os conhecimentos em casa.

Só é válido ressaltar que um vídeo para emagrecer não substitui um tratamento indicado por um nutricionista, portanto sempre confirme as informações com um médico especializado no assunto.

Buscar dicas de café da manhã para emagrecer, conhecer bem os alimentos, usar e abusar do ingrediente integral em algumas das refeições, etc. Toda essa busca por conhecimento traz causas e consequências muito boas para o próprio bem estar, pois quanto mais você souber sobre determinado alimento, melhor irá se alimentar.